CNV

Click here to edit subtitle

Por que ouvimos somente o que queremos ouvir?

Posted by DENIS FROTA (BenneDen) on December 11, 2017 at 6:20 AM


Por que Ouvimos Somente o Que Queremos Ouvir?

O Senhor Jesus repetiu em todas as cartas às igrejas no Apocalipse “quem tem ouvidos ouça o que o Espírito Santo diz”.


1-Ouvir no Sentido Bíblico

Ouvir, no sentido bíblico, é mais do que escutar. É mais do que perceber e entender sons e palavras.

Dar ouvidos é dar atenção e valorizar o que se ouve ao ponto de obedecer. Coração e mente acolhem com profunda devoção as palavras ouvidas, dando-lhes o devido respeito, valor e aplicação.

Dar ouvidos é escutar com atenção e devoção, crer, valorizar e colocar em prática.

Palavras ouvidas formam conceitos, padrões, crenças; influenciam e formam nosso caráter e estilo de vida.

Suas escolhas, decisões, projetos e sonhos estão fundamentados sobre o que você deu ouvidos ao longo dos anos.


2-Por que Só ouvimos-valorizamos aquilo que queremos ouvir...

Na verdade escutamos muitas vozes e sons diversos através dos ouvidos, mas se não valorizamos a palavra anunciada e não estivermos dispostos, interessados e motivados, com o coração aberto para receber, estaremos apenas escutando barulho.

A ilusão seduz, fascina...

Pequenas porções de ilusão...Mentiras sinceras me interessam cantava cazuza...


3-Por que queremos ouvir somente fábulas/ilusões/fantasias?

Porque a fantasia é um (falso) suprimento de satisfação.

1. Um suprimento de satisfação ilusória/enganosa para os desejos que não podem ser realizados. Sempre fantasiamos o que não temos e não somos, e gostaríamos de ter e ser.

2. Um suprimento de satisfação substituta, que omite a realidade, numa tentativa de ajudar a resolver a angústia interior e os demais conflitos da vida real.

A maioria refuta ouvir a verdade que incomoda, e abraça a mentira sedutora que deseja.

Quando alguém fala o que não lhe interessa, os ouvidos captam apenas alguns sons fracos e fragmentados, enquanto seus corações estão fechados e totalmente desligados daquele ambiente. Este comportamento deixa claro que essa pessoa não tem espaço interno para guardar o que não lhe interessa.


4-A Ilusão Escraviza

Há um trecho de uma música que diz assim: “Confortável ilusão, parece a liberdade e na verdade é uma prisão.” Gabriel – O Pensador

A ilusão funciona como um analgésico/anestésico, uma válvula de escape para que a pessoa consiga superar a realidade que a incomoda.Portém, a ilusão escraviza, prende o indivíduo na mentira.

A ilusão faz a pessoa sentir-se livre da realidade. MAS, o que parece ser liberdade é na verdade, uma prisão onde o indivíduo precisa ouvir doses maiores e mais fortes de fábulas/ilusões para continuar vivenciando fantasias, perdendo a chance de viver o real, onde há uma missão a ser cumprida.

Ouvir somente o que nos agrada...


1. Cria uma falsa realidade, faz-nos correr atrás do vento e por fim nos traz completa desilusão e ruína;

2. Alimenta o ego, mas cala a consciência, enfraquece o espírito e fortalece a carne.

3. Afasta-nos de Deus, desvia-nos de seu chamado.

4. Faz-nos escravos da ilusão, da mentira e do engano.

5. Acelera os seus passos em direção à apostasia.


E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará – João 8:32

Por que não damos ouvidos às Escrituras Sagradas?

Porque não estamos interessados em ouvir a verdade e nos submeter à vontade de Deus.

Queremos seguir os caminhos do coração e não o Caminho de Deus.

Queremos sim, que Deus atenda os nossos pedidos e desejos e que Ele nos livre de todos os problemas.


5-O que Fazer?

Temos que decidir o que realmente importa. Se você deseja abandonar a insensata prática de ouvir somente o deseja ouvir e criar o hábito de "ouvir o que é necessário ouvir”, tenho algo muito importante a lhe dizer.

1. A palavra de Deus confronta, exorta, repreende, corrige... Isso pode ser doloroso, mas

2. A palavra de Deus também conforta, cura, alimenta, fortalece, encoraja, liberta, salva e lhe prepara para a eternidade.

Se você quer ouvir o que precisa ouvir, saiba que ...


6-Para ouvir bem é preciso calar.

Sem o silêncio não podemos ouvir bem, as palavras ficam imperceptíveis, confusas ou perdem o sentido.

Quando silenciamos a percepção torna-se mais aguçada e consequentemente aumenta nossa capacidade de compreensão dos fatos e ideias. O silêncio ajuda no entendimento.

Diante da Palavra de Deus é preciso silêncio integral: silenciar a voz, a mente e o coração.

1. Silenciar para se aquietar, sossegar;

2. Silenciar para exercer domínio próprio;

3. Silenciar para ouvir melhor e aprender;

4. Silenciar para dar atenção;

5. Silenciar para respeitar;

6. Silenciar para melhor observar;

7. Silenciar para refletir e meditar;

8. Silenciar para aguardar, gerar expectativas;

9. Silenciar para ouvir uma palavra específica;

10. Silenciar para...


(LC 2:19) “Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração”.

O Ouvir Atencioso do Crente

1. Quando ouvimos atentamente, prestamos atenção no significado da palavra de Deus e nas suas implicações em nossas vidas.

2. Quando ouvimos atentamente honramos aquele que fala, confessamos com o nosso silêncio atencioso o nosso respeito e interesse.


7- Ouça e Obedeça. Ponha a Palavra em Prática

Após ouvir a Palavra de Deus, você deve ...

I- Aceitar o que a palavra de Deus diz (Mc 4.20; At 2.41; 1Ts 2.13). Guardá-la no coração (Sl 119.11; Cl 3:16).

II- Obedecer ao que ela ordena (Sl 119.17,67; Tg 1.22-24); Viver de acordo com seus ditames (Sl 119.9).

III- Crer, confiar e colocar a esperança em suas promessas (Sl 119.42.74,81,114; 130.5). Fazer dela a sua alegria e prazer (Sl 119.16,47).


Pense nisso!

Categories: Mensagem de Domingo, Pare e Pense, Pastorais

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply DENIS FROTA (BenneDen)
6:57 AM on December 11, 2017 
Seu comentário é muito importante para nós.