CNV

Click here to edit subtitle

Clonagem Humana

Posted by DENIS FROTA (BenneDen) on February 27, 2012 at 12:50 PM

A Questão

 

A clonagem não é uma questão de solução fácil. Há muitos pontos obscuros a esse respeito e que ainda precisam primeiro ser detectados para que uma opinião mais abrangente possa finalmente ser elaborada.

 

A questão mais difícil que envolve a clonagem terapêutica é a determinação sobre em que momento começa a vida. Assim, será que o blastocisto (embrião) já pode ser considerado um ser vivo ou somente no momento em que ocorre a formação do feto é que podemos dizer que há vida? Será que temos o direito de criar um embrião para servir de banco de células e não deixá-lo viver? Será que não seria sacrificar um ser para salvar outro? Estas são algumas das questões mais polêmicas com que estamos lidando.


Em nosso entendimento, os embriões já são seres humanos, ainda que em formação. A questão de estarem congelados não muda esse fato. Assim, o descarte desses embriões é assassinato, pois no momento em que foram concebidos passaram a ter direito à vida.

Se as técnicas de clonagem terapêutica conseguirem trabalhar com células-tronco sem ser necessário gerar um embrião para ser banco de células, somos favoráveis à clonagem, caso contrário, somos totalmente contra.


 

A Posição da CNV

 

A clonagem humana deve ser proibida porque:

 

1) A clonagem humana representa a utilização e a comercialização de seres humanos como se fossem produtos de consumo.

 

2) A clonagem humana criaria uma classe de seres humanos que existiriam não como fins em si mesmos, mas como meios de realizar os objetivos dos outros.

 

3) A clonagem humana representaria, tecnologicamente, a porta de entrada para a realização de mais manipulações e controle genético de seres humanos.

 


Categories: Artigos

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments